sempre que me deito sozinho, ou seja, sempre que me deito fico a pensar em quem poderia estar ao meu lado. que decadência a minha!