o tempo avança e tudo se dilui. todos aqueles projectos vão-se desmoronando e reduzindo a pó. idealismo excessivo, que doença!